Pesquisar este blog

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Roupa Nova - Linda Demais acústico ao vivo

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Lindíssima Lidi


Minha história com certeza se iguala a de muitas jovens e mulheres que estão fora do padrão “perfeito” cobrado pela sociedade.

Minha juventude foi tranqüila, estava com meu peso ideal e não me preocupava em fazer dietas.
Aos 17 anos de idade, com a gravidez do meu primeiro filho Luis Fernando,engordei 22 quilos. Precisei dividir a alegria do nascimento com cobranças por um corpo perfeito que só me torturavam e aumentavam ainda mais a minha ansiedade.

 O resultado de tudo isso foram terríveis crises de “síndrome do pânico” e uma depressão que conseguia me derrubar por dias...
Por estar acima do peso, demorei doze anos para conseguir engravidar do meu segundo filho. Nessa gestação engordei apenas 12 quilos, mesmo assim, precisei me privar de muitas coisas.

Com a chegada do Davi, voltaram também minhas crises de pânico (precisei parar com o tratamento de antidepressivos por causa da gravidez). Dessa vez acreditei que iria morrer, pois quem deveria me apoiar nunca acreditou que estivesse doente por todos esses anos....


Precisei voltar a tomar os remédios e o bebê não pôde ser amamentado e sinto por isso até hoje!
Todo esse tempo, estive trancada em casa, me sentia inferior e horrível. A vida não fazia mais sentido.






Os passeios, as festas, tudo era uma tortura, Decidi então, me entregar para a depressão....
Mas Deus nunca nos abandona. E através da minha irmã Day ( modelo Plus Size, linda e maravilhosa) Ele me mostrou então um caminho. Após fazer umas fotos em estúdio e colocá-las em minha página de relacionamento, fui convidada a participar de um desfile de moda Plus Size. Tive o prazer de conhecer pessoas maravilhosas e gordinhas, assim como eu e que me fizeram repensar sobre o meu comportamento.


Tenho também a ajuda de um anjo, que apareceu na minha vida quando eu estava desesperada.
Ele me dá conselhos, me incentiva e me faz ver as coisas por um outro ângulo.
Mesmo estando gordinha, agora vejo que tenho sentimentos, que posso ser feliz, me sentir mulher, gostosa e desejada.
Estou aprendendo a gostar do meu corpo, a me olhar no espelho e me ver com outros olhos.
Sei que isso não vai acontecer de um dia para o outro, mais já consigo visualizar uma mulher, e não o monstro deformado de antigamente.
Somos muito cobradas quando estamos acima do peso, deformamos nossa própria imagem e nos jogamos num mundo de sombras e depressão.


Se alguém se identificar com minha história, peço de coração que não desista, peça apoio emocional, ignore as cobranças e olhares que tanto nos fazem mal...só assim descobriremos que estamos aqui para sermos felizes...muito felizes....

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

CONCURSO COLÍRIO GG

RECEBI ESSE EMAIL E GOSTARIA DE CIMPARTILHAR COM TODAS AS LEITORAS DO MEU BLOG
Uma mensagem a todos os membros de FatKut


Meninos chegou a hora de vocês, o Cotidiano Gordo lança o Primeiro concurso Colírio GG, um votação para escolhermos o gordinhos mais gato da fat-esfera, os meninos não costumam participar de nossos eventos e também não tem nada voltado para eles, por isso o Cotidiano sai na frente e abre espaço para que os nosso rapazes mostrem sua beleza e lógico dar a chance as meninas devotarem e escolherem o bonitão da vez.

Para participar basta acessar o site www.cotidanogordo.blogspot.com/ e se inscrever estaremos aguardando todos vocês por la.

lembrando que o Fatkut é a rede social do blog Cotidiano Gordo da mesma administração de sempre Milly Costa rsrs


Visite FatKut em: http://fatkut.ning.com/?xg_source=msg_mes_network

Garotas gordinhas começam a vida sexual mais cedo e possuem mais parceiros, diz pesquisa

De acordo com uma recente pesquisa do Congresso Americano de Obstetras e Ginecologistas divulgada pela msnbc, meninas acima do peso comum iniciam a vida sexual mais cedo, acumulam vários parceiros durante a adolescência e usam menos camisinha.

Ainda segundo os pesquisadores da Carolina do Sul, as garotas obesas possuem quase três vezes mais chances do que as outras de começarem a fazer sexo com menos de 13 anos, e estão 30% mais propensas a ter múltiplos parceiros durante a adolescência.
Segundo o coordenador do projeto, Dr. Margaret Villers, os números obtidos pelo estudo foi capaz de surpreender até mesmo os próprios pesquisadores. “Nós não imaginávamos quão forte um fator como peso poderia ser”. Foram ouvidas 21,773 mil adolescentes em idade escolar nos Estados Unidos.
Outro resultado alarmante foi de que as meninas demonstraram não ter a menor preocupação com as doenças sexualmente transmissíveis e quase não fazer uso de preservativos.

Uma das explicações para este comportamento seria a falta de autoestima das gordinhas. “Por não se sentirem atraentes, as garotas acima do peso tendem a usar o sexo para segurar os parceiros”, afirmou Lauren Chernick, pesquisadora em medicina pediátrica da Universidade de Columbia. Outra justificativa seria o fato destas meninas atingirem a puberdade mais cedo, o que poderia influenciar seus namorados a insistirem mais por sexo.
FONTE:
http://virgula.uol.com.br/ver/noticia/lifestyle/2010/06/11/251200-garotas-gordinhas-comecam-a-vida-sexual-mais-cedo-e-possuem-mais-parceiros-diz-pesquisa